Sistemas de queimadores LHC

Combustão segura de gases de baixo poder calorífico.

Funções chave

O queimador da gama LHC ("Low Heat Content" ou baixo teor calorífico) está especificamente concebido para resolver o problema de gases de combustão com baixo poder calorífico, ou índice calorífico. A optimização das técnicas de controlo de combustão assegura a minimização da perda de calor, ao mesmo tempo que a mistura de ar e gás se mantém num nível muito elevado.

Para queimadores normais de gás de aterro, por exemplo, a concentração mínima habitual de metano a que um queimador arde é de cerca de 15 a 20% de metano. Na verdade, as normas de conduta indicam que a combustão deve ser interrompida se o metano descer abaixo de 20% para evitar a possibilidade de uma explosão. O queimador da gama LHC está especificamente concebido para queimar abaixo de 20%. Dispõe de medidas incorporadas de protecção contra explosão e pode trabalhar com baixas concentrações de metano no ar, por exemplo, 5%.

Gama de capacidades

O queimador da gama LHC está disponível de série num intervalo de capacidades entre 250 metros cúbicos por hora e 1000 metros cúbicos por hora. É possível considerar caudais mais elevados instalando unidades múltiplas.

Aplicação

O queimador da gama LHC é ideal para instalações de aterros mais antigos, nas quais subsiste um problema relacionado com a concentração de metano, suficiente para criar um problema mas insuficiente para uma combustão com as técnicas de queima convencionais.

O queimador da gama LHC pode igualmente ser aplicado a situações em que o gás libertado por um processo apresenta um baixo poder calorífico mas poderia ser útil na combustão, em vez de simplesmente libertado para a atmosfera.

 



Voltar à página anterior